Concurso INSS: edital vem aí!

O próximo concurso para o INSS vem ai e já foi divulgado o esboço dos locais e seus respectivos números de vagas que serão disponibilizados dentro das 950 oportunidades que devem ser oferecidas no próximo concurso INSS. Veja:

As agências da Previdência Social (APS) que têm postos vagos estão localizadas em:  São Paulo (16), Rio de Janeiro (4), Minas Gerais (8), Espírito Santo (1), Paraná (5), Santa Catarina (3), Rio Grande do Sul (9), Bahia (16), Pernambuco (4), Ceará (1), Maranhão (5), Alagoas (2), Rio Grande do Norte (2), Goiás (24), Pará (40), Roraima (1), Mato Grosso do Sul (1), Mato Grosso (13), Amapá (3), Amazonas (18), Tocantins (4) e Rondônia (6).

As demais ofertas devem ser as dos profissionais que pediram deslocamento de unidade, mas tal informação só será definida em breve.

Oportunidades por vagas em cada APS ficou assim:

São Paulo: unidades de Itatinga (1), Franco da Rocha (1), Cajuru (1), Miracatu (1), Santa Cruz das Palmeiras (1), Tambaú (2), Novo Horizonte (1), Embu-Guaçu (1), Apiaí (2), Guapiara (2), Itapeva (1), Pilar do Sul (1) e Salto de Pirapora (1).

Rio de Janeiro: Cardoso Moreira (1), Itaocara (1), São Francisco de Itaboana (1) e São João da Barra (1).

Minas Gerais: Pompeu (1), Passos (1), Santo Antônio do Monte (2), Espera Feliz (1), Itaobim (1), Jequitinhonha (1) e Prata (1).

Espírito Santo: Pedro Canário (1). Já no Paraná, continuam vagas as chances para Mangueirinha (1), Santo Antônio do Sudoeste (1), Lapa (1), Quedas do Iguaçi (1) e São Mateus (1).

Para a Região Nordeste há vagas em: Bahia Coribe (2), Correntina  (2), Formosa do Rio Preto (1), Camacan (1), Gandu (1), Mucuri (1), Cansanção (1), Curaçá (1), Monte Santo (1), Quijingue  2) Ubaíra (2) e Carinhanha ( 1).

Pernambuco: Panelas (1) Taquaritinga do Norte (1) Vicência (1) e Tabira (1).

Ceará: Iracema (1).

Maranhão: Governador Nunes (1) Alto Alegre Pindaré (2) Cururupu ( 1) e Lagoa da Pedra ( 1).

Alagoas: Igreja Nova (1) e Piranhas ( 1).

Rio Grande do Norte: São Miguel ( 1) e Ceará Mirim (1).

Santa Catarina: Capinzal (1) e Maravilha (2); e Rio Grande do Sul: Igrejinha (1), Taquari (1), Três Coroas (1), Piratini (1), Santa Vitória do Palmar (1), Encruzilhada do Sul (1), Itaqui (2) e Uruguaiana (1).

Goiás: Goianésia (2), Goianira (2), Jussara (1), Minacu (1), Niquelândia (2), Piracanjuba (1), Uruaçu (2), Águas Lindas de Goiás (2), Cristalina (1), Novo Gama (2), Planaltina (2), Posse (1), Acreúna (1), Morrinhos (1), Palmeiras de Goiás (2) e Pontalina (1).

Pará: Baião (2), Breves (1), Capitão Poço (1), Concórdia do Pará (2), Mãe do Rio (2), Maracanã (1), Marapanim (1), Mocajuba (1), Moju (1), Nova Esperança do Piria (2), São Miguel do Guamá (2), São Sebastião da Boa Vista (1), Vigia (1), Conceição do Araguaia (2), Goianésia do Pará (1), Jacundá (2), Novo Repartimento (2), Parauapebas (1), Redenção (1), Rondon do Pará (2), Santana do Araguaia (2), São Felix do Xingu (2), Tailândia (2), Xinguara (1), Novo Progresso (1), Porto de Moz (1) e Uruará (2).

Nas regiões de Roraima (Caracaraí – 1), Mato Grosso do Sul (Costa Rica – 1), Amapá (Amapá – 1; e Porto Grande – 2), Tocantins (Arapoema – 2; Guaraí – 1; e Gurupi – 1) e Rondônia (Buritis – 1; Machadinho d’Oeste – 1, Nova Brasilândia d’Oeste 1, Porto Velho – 2 e São Miguel do Guaporé – 1).

As demais oportunidades ficaram no Amazonas (Boca do Acre – 3; Manicore – 2; Maués – 1; Nova Olinda do Norte – 2; São Gabriel da Cachoeira – 6; Santo Antônio do Icá – 2; e Tefé – 2) e Mato Grosso (Água Boa – 1; Alto Araguaia – 1; Campo Novo do Parecis – 2; Mirassol d’Oeste – 1; Paranatinga – 1; Pontes e Lacerda – 1; Alta Floresta – 1; Colider – 1; Juara – 1; Matupa – 1; Nova Mutum – 1; e Peixoto Azevedo – 1).

Vagas e remuneração: Segundo cronograma interno, serão oferecidas 950 vagas para o próximo concurso INSS, sendo 800  para técnico, que exige nível médio, e 150 para analista do seguro social, que exige formação de nível superior. As atuais remunerações são de R$4.614,87, chegando a R$5.259,87 após seis meses (técnico), e de R$6.832,89, até R$7.869,09 (analista).

Com o fim da greve do INSS, foi acordado o reajuste salarial de 10,8% sobre o salário-base, em duas parcelas – 1º de agosto de 2016 e 1º de janeiro de 2017. o direito a auxílio-alimentação de R$458, assistência à saúde de R$145 e assistência pré-escolar de R$321, esses já a partir de janeiro do próximo ano. Com as alteraçôes, o técnico do seguro social, terá remuneração inicial de R$4.768,90, considerando R$708,21 de vencimento básico (já com o aumento de 10,8%), R$1.022,69 de gratificação de atividade executiva (GAE), R$2.580 de gratificação de desempenho de atividade do seguro social (GDASS/80%) e auxílio-alimentação de R$458. Após seis meses de trabalho, o rendimento passa para até R$5.413,90, já que, além dos outros valores, a GDASS sobe para até R$3.225 (100%). O analista do seguro social terá remuneração inicial de R$7.014,05, incluindo R$986,58 de vencimento básico (com o reajuste), R$1.424,67 de GAE, R$4.144,80 de GDASS (80%) e o auxílio-alimentação. Após seis meses de trabalho, a remuneração sobe para até R$8.050,25, já que, além dos outros valores, a GDASS pode chegar a R$5.181 (100%).

Já estamos organizando um grupo de estudos para o cargo de técnico do INSS se tiver interesse em participar envie um email para momentodeestudar@gmail.com

Eliane Reis

Fundadora do Momento de Estudar. Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Uberlândia. Servidora Público Federal como Técnico Administrativo em Educação. Especialista em Gestão de Negócios e Marketing. Professora desde 2016. Acredita que a educação muda vidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

error: Conteúdo Bloquado!!