Questão 47 – CFC 2021.2|Exame de Suficiência

(CFC/Consulplan/2021.2/Q47) “Luciano, proprietário de uma determinada empresa falece, e, após divergências conciliatórias de seus beneficiários, o Juiz nomeia o perito contador Bertoldo, devidamente registrado, com o objetivo de inventariar contabilmente os bens dos herdeiros. Uma das filhas de Luciano, Marinete, para se certificar da transparência dos trabalhos do perito nomeado pelo Juiz, resolve contratar Pedro, um contador, como perito assistente técnico. Ao final dos trabalhos, Bertoldo elaborou um laudo pericial com a sua opinião sobre o patrimônio disputado pelos familiares na Justiça. Marinete não ficou satisfeita com o laudo publicado pelo perito e chama Pedro (perito assistente) para uma conversa a respeito.”

Mesmo não havendo determinação em juízo, definindo o prazo para emissão do seu parecer, cabe a Pedro, perito assistente:

a) Emitir, imediatamente, outro laudo pericial.
b) Entregar o seu novo laudo a Bertoldo, logo após a publicação do laudo pericial oficial.
c) Esperar o prazo de dez dias após a publicação do laudo pericial para emitir o seu parecer.
d) Entrar com pedido de impedimento do perito Bertoldo após vinte dias da emissão do laudo.

Gabarito: C.
Tipos: Prova Branca Q47 / Prova Verde Q48 / Prova Amarela Q47 / Prova Azul Q48




Eliane Reis

Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Uberlândia. Servidora Público Federal. Especialista em Gestão de Negócios e Marketing. Fundadora do Momento de Estudar desde 2013 e professora desde 2016. Acredita que a educação pode mudar vidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

error: Conteúdo Bloquado!!