Questão 46 – CFC 2021.2|Exame de Suficiência

(CFC/Consulplan/2021.2/Q46) Os Arts. 171 a 179 do Decreto-Lei nº 2848 de 1940 (Código Penal Brasileiro) versam sobre estelionato e outras fraudes. São inúmeros os tipos de fraudes e catastróficos os impactos causados à instituição vitimada e à sociedade.

A fraude é um risco classificado no grupo de risco operacional, pois, habitualmente, ocorre em virtude de adulteração de controles, descumprimento e/ou interpretação discricionária tendenciosa de procedimentos contábeis, desvio de valores, divulgação ilegal de informações etc.

Como resultados de estudos feitos, no Brasil, em determinado ano, foram elaborados os gráficos dispostos nas figuras 1, 2 e 3 a seguir:

Considerando os conhecimentos contábeis sobre as áreas de uma empresa/organização/instituição, bem como a interpretação dos dados divulgados nas figuras anteriores, resultantes dos estudos realizados, um auditor chegará às seguintes conclusões, EXCETO:

a) As áreas mais suscetíveis de fraudes são aquelas onde, normalmente, podem estar concentrados os principais ativos da empresa.
b) Os maiores responsáveis por fraudes são os funcionários, seguidos pelos prestadores de serviços e fornecedores, respectivamente.
c) Menos de 10% das vítimas de fraudes conseguem recuperar suas perdas totalmente; e, mais de 20% conseguem recuperar em torno de 25% de suas perdas.
d) A atenção na contratação e no acompanhamento de funcionários, principalmente aqueles alocados na área financeira e na área contábil, reduzirá as fraudes em 58%.

Gabarito: D.
Tipos: Prova Branca Q46 / Prova Verde Q45 / Prova Amarela Q45 / Prova Azul Q45




Eliane Reis

Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Uberlândia. Servidora Público Federal. Especialista em Gestão de Negócios e Marketing. Fundadora do Momento de Estudar desde 2013 e professora desde 2016. Acredita que a educação pode mudar vidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

error: Conteúdo Bloquado!!