Questão Comentada Exame de Suficiência 18

(CFC/2013.1/Q34/Técnico) Com base na Resolução CFC nº 750/93 e alterações posteriores, que trata dos Princípios de Contabilidade, assinale a opção CORRETA:

a) O Princípio da Continuidade reconhece o patrimônio como objeto da contabilidade e diferencia o patrimônio particular no universo dos patrimônios existentes.

b) O Princípio da Oportunidade refere-se ao processo de mensuração e apresentação dos componentes patrimoniais para produzir informações íntegras e tempestivas.

c) O Princípio da Prudência exige integridade e tempestividade na produção e na divulgação da informação contábil para não ocasionar perda de relevância.

d) O Princípio do Conservadorismo determina que os componentes do patrimônio devem ser inicialmente registrados pelos valores originais das transações, expressos em moeda nacional.

Comentário: Vamos analisar cada uma das alternativas apresentadas pela questão:

a) O Princípio da Continuidade reconhece o patrimônio como objeto da contabilidade e diferencia o patrimônio particular no universo dos patrimônios existentes. FALSO, o Princípio da Continuidade pressupõe que a Entidade terá suas atividades/operações no futuro e, portanto a mensuração e apresentação dos componentes patrimoniais devem levar em conta esta circunstância. O Princípio descrito na alternativa é o da Entidade.

b) O Princípio da Oportunidade refere-se ao processo de mensuração e apresentação dos componentes patrimoniais para produzir informações íntegras e tempestivas. VERDADEIRO, no Princípio da Oportunidade a mensuração e apresentação dos componentes patrimoniais devem ser informadas de forma íntegra e tempestiva, a falta dessas duas características pode ocasionar na perda da relevância da informação.

c) O Princípio da Prudência exige integridade e tempestividade na produção e na divulgação da informação contábil para não ocasionar perda de relevância. FALSO, o Princípio da Prudência determina a adoção de uma postura prudente na avaliação das hipóteses de incerteza é necessária para se evitar a superavaliação de ativos e receitas, bem como a subavaliação de passivos e despesas. A exigência de informações integras e tempestivas está presente no Princípio da Oportunidade.

d) O Princípio do Conservadorismo determina que os componentes do patrimônio devem ser inicialmente registrados pelos valores originais das transações, expressos em moeda nacional. FALSO, os componentes do patrimônio devem ser inicialmente registrados pelos valores originais das transações e expressos em moeda nacional segundo o Princípio do Registro pelo Valor Original.

Gabarito: B

Quer participar do Grupo de Estudos com materiais, cronograma, questões comentadas e simulados para o Exame de Suficiência 2016.2? Para mais informações clique aqui.




Eliane Reis

Fundadora do Momento de Estudar. Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Uberlândia. Servidora Público Federal como Técnico Administrativo em Educação. Especialista em Gestão de Negócios e Marketing. Professora desde 2016. Acredita que a educação muda vidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

error: Conteúdo Bloquado!!