Simulado 01 2017 – Questões 36 ao 40

36. Uma Sociedade Empresária apresentou, em 31.12.2015, antes da apuração do resultado do exercício, o seguinte Patrimônio Líquido:

O Lucro Líquido apurado em 31.12.2015 foi de R$ 8.300,00.
Nesse caso, de acordo com a Lei nº 6.404/76 e alterações posteriores, o valor a ser destinado no período, obrigatoriamente, para Reserva Legal é de:

a) R$ 172,00.
b) R$ 165,00.
c) R$ 162,00.
d) R$ 2.462,00.

Comentário: A questão nos pede o valor destinado a Reserva Legal, esse valor é obrigatório e deve seguir as regras que a Lei nº 6.404/76 nos impõe:
Destinação: 5% do Lucro Líquido
Limite obrigatório: não pode exceder 20% do Capital Social
Limite facultativo: Reserva legal + Reserva de Capital não pode exceder 30% do Capital Social.
De posse dessas informações vamos analisar a situação proposta:
Valor de Destinação do Lucro Líquido:
5% do Lucro Líquido = 5% x R$ 8.300,00
5% do Lucro Líquido = R$ 415,00
O Saldo da Reserva Legal com os 5% ficaria = R$ 5.838,00 + R$ 415,00 = R$ 6.253,00
Devemos lembrar que existe um limite obrigatório para a Reserva Legal, sem essa informação você poderia cair na pegadinha da banca já que existe a opção de 415,00 como resposta.
Portanto vamos calcular o limite obrigatório que não pode ser excedido:
Verificação do Limite Obrigatório (não exceder):
20% do Capital Social = 20% x R$ 30.000,00
20% do Capital Social = R$ 6.000,00
Com o saldo dos 5% da Reserva ultrapassamos o limite obrigatório em R$ 253,00 (R$ 6.253,00 – R$ 6.000,00) e por isso precisamos ajustar o valor que será destinado para a Reserva:
Destinação = R$ 415,00 – R$ 253,00 = R$ 162,00.
Gabarito: C.

37. Em relação aos direitos trabalhistas dos empregados, julgue os itens abaixo como Verdadeiros (V) ou Falsos (F) e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

I. Quando o salário for pago por hora com jornadas variáveis, a remuneração de férias será apurada pela média do período aquisitivo, e será aplicado o valor do salário na data da concessão das férias.
II. Quando o salário for pago por tarefa, a remuneração de férias será apurada com base na média da produção no período aquisitivo do direito a férias, e será aplicado o valor da remuneração da tarefa na data da concessão das férias.
III. Os empregadores devem continuar a realizar o depósito na conta vinculada do FGTS ao empregado afastado para prestação do serviço militar obrigatório.
IV. A remuneração do trabalho noturno nas atividades urbanas, realizado entre as 18h de um dia e as 6h do dia seguinte, terá um acréscimo de 10%, calculado sobre o valor do salário mínimo.

A sequência CORRETA é:

a) F, F, V, V.
b) F, V, F, V.
c) V, F, V, F.
d) V, V, V, F.

Comentário: Vamos analisar cada uma das opções:
I. Quando o salário for pago por hora com jornadas variáveis, a remuneração de férias será apurada pela média do período aquisitivo, e será aplicado o valor do salário na data da concessão das férias. VERDADEIRA. Conforme a CLT, “Quando o salário for pago por hora com jornadas variáveis, apurar-se-á a média do período aquisitivo, aplicando-se o valor do salário na data da concessão das férias.”
II. Quando o salário for pago por tarefa, a remuneração de férias será apurada com base na média da produção no período aquisitivo do direito a férias, e será aplicado o valor da remuneração da tarefa na data da concessão das férias. VERDADEIRA. Conforme a CLT, “Quando o salário for pago por tarefa tomar-se-á por base a média da produção no período aquisitivo do direito a férias, aplicando-se o valor da remuneração da tarefa na data da concessão das férias.”
III. Os empregadores devem continuar a realizar o depósito na conta vinculada do FGTS ao empregado afastado para prestação do serviço militar obrigatório. VERDADEIRO, A lei 8.036/90 traz duas exceções, que configuram suspensão do contrato de trabalho, mas mantêm a obrigatoriedade de o empregador recolher o FGTS do empregado afastado. São elas o afastamento para prestação do serviço militar obrigatório e licença por acidente do trabalho: Lei 8.036/90, art. 15, § 5º O depósito de que trata o caput deste artigo é obrigatório nos casos de afastamento para prestação do serviço militar obrigatório e licença por acidente do trabalho.
IV. A remuneração do trabalho noturno nas atividades urbanas, realizado entre as 18h de um dia e as 6h do dia seguinte, terá um acréscimo de 10%, calculado sobre o valor do salário mínimo. FALSO, para os trabalhadores urbanos o período noturno vai das 22h as 05h, para os trabalhadores rurais na agricultura o horário noturno é das 21h as 05h e para os trabalhadores rurais na pecuária o horário noturno é das 20h as 04h. Com relação ao adicional é 20% para o perímetro urbano e 25% para o rural.
Gabarito: D.

38. Uma Indústria produz apenas um produto. No mês de agosto de 2015, produziu e vendeu 2.500 unidades desse produto. Os custos e as despesas para produzir e vender os produtos foram os seguintes:

 R$ 25,00 por unidade de custos variáveis.
 R$ 8,00 por unidade de despesas variáveis.
 R$ 28,00por unidade de custos fixos.
 R$ 7,00 por unidade de despesas fixas.

Com base nos dados acima e considerando-se que não havia saldo inicial, o custo total dos produtos produzidos e vendidos, utilizando-se o Custeio por Absorção, foi de:

a) R$ 115.700,00.
b) R$ 132.500,00.
c) R$ 258.100,00.
d) R$ 211.100,00.

Comentário: A questão nos pede o custo total dos produtos produzidos e vendidos através do Custeio pro Absorção.
Com os dados informados pela questão sabemos que o valor do custo variável é de R$ 25,00 e dos custos fixos é de R$ 28,00 ambos por unidade produzida, considerando a produção e venda de 2.500 unidades temos:
Custos Variáveis = 25,00 x 2.500 unidades = R$ 62.500,00
Custos Fixos = 28,00 x 2.500 unidades = R$ 70.000,00
Custo Total = Custos Variáveis + Custos Fixos
Custo Total = R$ 62.500,00 + R$ 70.000,00
Custo Total = R$ 132.500,00
Gabarito: B.

39. De acordo com a NBC TG Estrutura Conceitual, no que se refere à inclusão na definição de Ativo, analise as condições apresentadas nos itens abaixo e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

I. Recurso com característica intangível.
II. Recurso controlado pela entidade.
III. Recurso sem necessidade de propriedade da entidade.
IV. Recurso do qual se espera que fluam benefícios econômicos futuros para a entidade.
V. Recurso resultante de eventos passados.

De acordo com a NBC TG Estrutura Conceitual, são condições necessárias para o reconhecimento do Ativo os requisitos apresentados apenas nos itens:

a) I e III.
b) I, III e IV.
c) II, IV e V.
d) todas as alternativas anterior

Comentário: A questão traz a definição de Ativo, portanto vamos à definição apresentada no CPC 00: “ativo é um recurso controlado pela entidade como resultado de eventos passados e do qual se espera que fluam futuros benefícios econômicos para a entidade”. Vamos então analisar as opções:
I. Recurso com característica intangível: CORRETO. O ativo pode também ter característica intangível como nos casos das marcas e patentes.
II. Recurso controlado pela entidade: CORRETO. O ativo é um recurso controlado pela entidade como afirma a definição apresentada pelo CPC 00.
III. Recurso sem necessidade de propriedade da entidade: CORRETO, pois o ativo pode possuir apenas o controle do recurso e não a propriedade como acontece nos casos de arrendamento financeiro, onde os bens pertencem ao arrendador, mas ficam sob controle do arrendatário e devem, neste caso, ser contabilizados como ativo.
IV. Recurso do qual se espera que fluam benefícios econômicos futuros para a entidade: CORRETO, para ser considerado ativo o bem deve proporcionar benefícios econômicos para a empresa.
V. Recurso resultante de eventos passados: CORRETO, o ativo é resultante de algo que já aconteceu. Por exemplo, a mercadoria que já foi entregue é resultado da compra dessa mercadoria, ou seja, um evento passado que foi a compra.
Portanto todas as opções estão corretas.
Gabarito: D.

40. Uma indústria compra matéria-prima a prazo. Após recebimento da matéria-prima, a indústria a armazena, em média, por 7 (sete) dias, antes de encaminhá-la para a área de produção, onde ficará 4 (quatro) dias em processo. Após a conclusão da manufatura, a indústria mantém o produto acabado em estoque por um tempo médio de 21 dias, antes de vendê-lo.
As vendas são efetuadas com prazo médio de recebimento de 35 dias.
O pagamento ao fornecedor se dá em 17 dias após a compra da matéria-prima.
Acerca da situação acima, o Ciclo Operacional Total é de:

a) 39 dias.
b) 46 dias.
c) 60 dias.
d) 67 dias.

Comentário: A questão nos pede o ciclo operacional total, lembrando que ciclo é uma série de fenômenos ou fatos que ocorrem numa ordem determinada. Os ciclos de uma entidade na contabilidade gerencial são: Ciclo Econômico, Ciclo Operacional e Ciclo Financeiro.
O Ciclo Econômico é o tempo em que a mercadoria permanece em estoque. Vai desde a aquisição dos produtos até o ato da venda, não levando em consideração o recebimento das mesmas. Ciclo Econômico = Prazo Médio de Estocagem (PME)
O Ciclo Operacional compreende o período entre a data da compra até o recebimento de cliente. Caso a empresa trabalhe somente com vendas à vista, o ciclo operacional tem o mesmo valor do ciclo econômico. Ciclo Operacional = Ciclo Econômico + Prazo Médio de Contas a Receber ou Prazo Médio de Contas a Receber
O Ciclo Financeiro ou Ciclo de Caixa é o tempo entre o pagamento a fornecedores e o recebimento das vendas. Quanto maior o poder de negociação da empresa com fornecedores, menor o ciclo financeiro. Ciclo Financeiro = Ciclo Operacional – Prazo médio de Pagamento a Fornecedores

Figura 1: Fonte: Portal da Contabilidade

Para calcular o Ciclo Operacional:
Ciclo Operacional = Ciclo Econômico + Prazo Médio de Contas a Receber ou Prazo Médio de Contas a Receber (PMCR)
Ciclo Econômico = Prazo médio de Estocagem (PME)
Dessa forma: Ciclo Operacional = PME + PMCR
Ciclo Operacional = (7 + 4 + 21) + 35
Ciclo Operacional = 67 dias
Gabarito: D.

Participe dos nosso Curso Preparatório para o Exame de Suficiência CFC
Descrição e cronograma do curso >> https://goo.gl/MuoLOv
Inscrição >> https://goo.gl/forms/eBZHn62AU7AEWDWU2

 




Eliane Reis

Fundadora do Momento de Estudar. Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Uberlândia. Servidora Público Federal como Técnico Administrativo em Educação. Especialista em Gestão de Negócios e Marketing. Professora desde 2016. Acredita que a educação muda vidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

error: Conteúdo Bloquado!!